Disal Consórcio
Quem faz, conquista
  • 26 / 12 / 2016
  • 2 comentários

Documentação veicular: afinal de contas, o que significa cada número?

Até novembro de 2016, foram emplacados mais de 1,7 milhão de carros e comerciais leves em todo o Brasil, segundo dados da Fenabrave, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores. Antes de ver o carro na garagem, vem a parte burocrática, de regularizar toda a documentação do veículo. E você sabe o que significam todos aquelas números e siglas que aparecem nos documentos?

Existem diferenças entre o Certificado de Registro dos Veículos (CRV) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV). Para ajudar, o Blog da Disal criou um pequeno guia, explicando o que são e para que servem cada uma das siglas no documento do carro.

foto_docveicular

CRV:

– É emitido no ato do primeiro emplacamento do seu carro.

– Nele constam todas as características do seu veículo. Por isso, qualquer alteração feita no carro deve ser comunicada ao DETRAN para que o CRV seja atualizado.

– É obrigatória sua apresentação no momento da venda do seu veículo.

– A partir dele você pode transferir seu carro para o nome de outro proprietário.

– O porte dele enquanto dirige não é obrigatório.

 

CRLV:

– Conhecido como Licenciamento, esse documento autoriza o carro a andar pelas ruas.

– Ele só é liberado após quitação de impostos e tributos estaduais, como IPVA, DPVAT e multas.

– Após a quitação, o documento é enviado automaticamente para o endereço do proprietário.

– O porte enquanto dirige é obrigatório.

infografico_docveicular

  1. VIA: Indica o número que identifica o documento do seu carro.
  2. COD. RENAVAM: É o Registro Nacional de Veículos Automotores. Seus números identificam todos os carros que circulam no país.
  3. EXERCÍCIO: Ano do último licenciamento feito.
  4. PLACA ANT/UF: Número da placa e estado onde foi licenciado pela última vez (Só em caso de carros que possuem antigo dono)
  5. CHASSI: DNA do carro. É o mesmo número encontrado marcado em alguma parte do seu veículo.
  6. ESPÉCIE TIPO: A espécie varia de acordo com o tipo de carroceria. No caso de automóvel, a espécie pode ser Passageiro ou Especial.
  7. MARCA/MODELO: Nome do fabricante e do veículo.
  8. ANO FABRICAÇÃO: Ano de referência do modelo, usado para determinar o valor de mercado.
  9. CAP/POT/CIL: Capacidade de passageiros, potência e cilindrada do motor.
  10. CATEGORIA: Para que o veículo é utilizado.
  11. IPVA: Indica a situação do IPVA do veículo.
  12. OBSERVAÇÕES: Campo que indica a situação financeira do veículo.
  13. LOCAL E DATA: Cidade onde o veículo foi emplacado e data de emissão do documento.

Pronto. Agora é só aproveitar os benefícios de ter um carro, sem precisar se preocupar com a documentação.

Agora que você já sabe tudo sobre a documentação e estará atento quando pegar seu carro novo, que tal fazer um consórcio conosco e realizar mais uma conquista! Acesse o nosso site e faça a sua simulação: http://www.disalconsorcio.com.br/.

 

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
VOLTAR

  1. Sou um dos Consorciados. aqui em Juiz de Fora (MG), na loja Thema Veículos. Após ser notificado de minha comtenplação, como serão os meus passos para se obter a CRV e a CRLV. Quais os documentos necessários, terei de efetuar algum pagamento para obtenção dos mesmos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acesse e fique à vontade para curtir, seguir e compartilhar:

Sobre o Blog

No Blog da Disal Consórcio, você encontra tudo que precisa saber sobre consórcio de veículos, curiosidades sobre automóveis, dicas de conservação do seu carro, entre outros assuntos. Se você pretende adquirir seu veículo de maneira segura e com planejamento, acompanhe nosso blog e veja que o consórcio Disal é a melhor opção.