Disal Consórcio
Quem faz, conquista
  • 12 / 04 / 2018
  • 35 comentários

Como declarar seu Consórcio de carro no imposto de renda?

Agora é a época de se preparar para declarar o imposto de renda do ano anterior. É muito importante declarar tudo de maneira correta para evitar
possíveis dores de cabeça no futuro. O caso do consórcio de veículos pode gerar dúvidas, mas estamos aqui para ajudar.

Vale lembrar que é essencial declarar todos os pagamentos, mesmo que você ainda não tenha sido contemplado, para que a Receita possa analisar seu fluxo de caixa.

Para declarar o consórcio do veículo no imposto de renda 2018, o gasto com o consórcio feito no ano em Bens e Direitos com o código 95 – Consórcio não contemplado. No campo Situação em 31/12/2016, deve-se declarar os valores pagos até o final de 2016.

No campo Situação em 31/12/2017, deve-se declarar a soma dos valores pagos ao longo de 2017 e dos valores pagos anteriormente. Se o consórcio foi iniciado em 2017, deve-se deixar a coluna de 2016 zerada.

Quando for preencher as informações, em “discriminação”, informe o nome e o número de inscrição no CNPJ da administradora do Consórcio, o tipo de bem (se é um carro, ou uma moto, por exemplo) e a quantidade de parcelas já pagas e a pagar.

Caso você já tenha sido contemplado, registre tudo sob o código “21 – Veículo Automotor Terrestre”, na ficha de “Bens e Direitos”. No campo “Discriminação”, é preciso informar os dados do veículo e mencionar que ele foi adquirido por meio do Consórcio, informando os respectivos dados.

Os consorciados da Disal podem obter o informativo de imposto de renda na área do cliente de nosso site. É só fazer o login, localizar essa opção no menu e aproveitar essa facilidade. Em caso de dúvidas, entre em contato com nossa equipe. Nós estamos sempre disponíveis para ajudar você.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0
VOLTAR

    1. Olá Jhonatha! O reajuste do bem depende da tabela da montadora, se aumentar ou diminuir, as parcelas serão reajustadas conforme determinação prevista em Regulamento.
      Maiores dúvidas entre em contato com nossa central de atendimento.
      Telefone 0800-703-0050 das 8 ás 20 hs de segunda a sexta feira.

    1. Olá Daniela! Para declaração de pessoa juridica o informe disponível é o extrato de conta corrente podendo ser impresso no site atraves de sua senha de acesso.
      Maiores dúvidas entre em contato com nossa central de atendimento.
      Telefone 0800-703-0050 das 8 ás 20 hs de segunda a sexta feira.

    1. Olá Marcelo!Neste caso, registre tudo sob o código “21 – Veículo Automotor Terrestre”, na ficha de “Bens e Direitos”. No campo “Discriminação”, é preciso informar os dados do veículo e mencionar que ele foi adquirido por meio do Consórcio, informando os respectivos dados.

    1. Olá Rosilene! É essencial declarar todos os pagamentos, mesmo que você ainda não tenha sido contemplado, para que a Receita possa analisar seu fluxo de caixa.

  1. Se por acaso eu pagar a minha fatura atrasada, ainda que seja antes do dia do sorteio do consorcio, meu número de inscrição participa do sorteio?

    1. Olá Verbena!De acordo com Regulamento caso a fatura seja paga mesmo com 1 dia de atraso, ficará impossibilitada de participar da assembleia do mes em que ocorreu o atraso.

  2. tem observado que o valor reajustado a cada mes tem aumentado bastante, fico a pensar daqui a 5 anos qdo estarei pagando que certamente ficará invia´vel.

    1. Olá Odete! De acordo com Regulamento o bem poderá sofrer reajuste de acordo com a tabela da montado com relação ao bem base da carta de credito adquirida.
      Acontece para que, quando o consorciado for contemplado tenha o poder de compra do bem atualizado.
      Caso tenha alguma dúvida orientamos entrar em contato com nossa Central de atendimento no tel 0800-703-0050 de segunda a sexta feira das 8 ás 20 horas.

    1. Olá Vera! Nesse caso a solicitação poderá ser feita através de nossa central de atendimento no tel 0800-703-0050 das 8 ás 20 horas de segunda a sexta feira, ou poderá retirar no site com sua senha de acesso.

    1. Olá Alessandra! Como descrito no artigo, para declarar o consórcio do veículo no imposto de renda 2018, o gasto com o consórcio feito no ano em Bens e Direitos com o código 95 – Consórcio não contemplado. No campo Situação em 31/12/2016, deve-se declarar os valores pagos até o final de 2016, como no campo Situação em 31/12/2017, deve-se seguir a mesma lógica. Se o consórcio foi iniciado em 2017, deve-se deixar a coluna de 2016 zerada.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

    1. Olá Alessandra! Orientamos a entrar em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050, para solicitar este procedimento.

      Agradecemos a sua participação

  3. A gente faz um consórcio para não pagar juros, mas mesmo assim pagamos juros e ainda tem taxas administrativas. Consorcio não é investimento, pois pagamos por um bem que não temos e que sempre temos que pagar um lance ou esperar acabar o plano p ser contemplado.

    1. Olá Priscilla! No sistema de consórcio, as parcelas sempre serão calculadas sobre o bem referenciado e sendo assim, sempre que ocorrer reajuste pelo fabricante será repassado para todos os consorciados que possuem aquele determinado bem.

      Realmente a contemplação só ocorre por Sorteio, que é extraído da Loteria Federal ou pelo maior lance em percentual ofertado na assembleia.

      O Consórcio é um produto de autofinanciamento, sendo que não há cobrança de juros projetado nas parcelas. Acontece que quando contemplado, os valores passam a ficar em uma conta vinculada onde sofrerem rendimentos, conforme proposto pelo BACEN.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  4. Meu consórcio foi contemplado por lance em 2017, mas ainda não adquiri o bem. como faço para declarar?
    O que devo informar ao discriminar o bem?

    1. Olá Almir! Como se trata de uma cota contemplada, porém que ainda não foi faturada deverá realizar o mesmo processo de uma cota sem ser contemplada, que seria declarar o gasto com o consórcio feito no ano em Bens e Direitos com o código 95 – Consórcio não contemplado. No campo Situação em 31/12/2016, deve-se declarar os valores pagos até o final de 2016 e no campo Situação em 31/12/2017, deve-se declarar a soma dos valores pagos ao longo de 2017 e dos valores pagos anteriormente. Se o consórcio foi iniciado em 2017, deve-se deixar a coluna de 2016 zerada.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

    1. Olá Midiam! Conforme é previsto em regulamento, para o consorciado solicitar o procedimento de Crédito em espécie deverá possuir mais de 180 dias de contemplação. Estando dentro deste critério, poderá retirar o formulário necessário para este processo na Revenda onde houve a aquisição da cota e nos encaminhar para análise.

      Agradecemos a sua participação

    1. Olá Francisco! Para verificar a respeito deste procedimento, orientamos que entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

      Agradecemos a sua participação

    1. Olá Maria! Além de ficar disponível em nosso site, o consorciado poderá solicitar o envio do Informe de Bens através dos nossos canais de atendimento.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  5. Olá, boa tarde! Em relação ao IR 2017 o q a Disal informa é que: * No caso de consórcio contemplado em 2017 enquanto não receber o bem no código 95 informar na coluna situação em 31/12/2016 e não preencher a coluna situação em 31/12/2017. Segui à risca o q estava escrito e agora? Vou ter que retificar meu IR?

    1. Olá Vera! Para cotas contempladas que ainda não faturaram o Bem, deve-se declarar a soma dos valores pagos ao longo
      dos anos em que participou no Grupo e deverá permanecer zerada a situação no caso em que a cota não teve participação naquele determinado Grupo.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

  6. Oi, bom dia! Este numero não aceita chamadas de celular. Então o unico meio de comunicação é através deste blog. A mensagem acima é baseada nas informações passadas pela disal. Minha dúvida é: se era pra eu informar o somatório dos valores pagos em 2017 n na declaração do IR 2018 pq a informação não
    está completa no site? Me preocupei qdo li a resposta do blog a Almir em 23/04 .

    1. Olá Vera! Na resposta compartilhada ao Almir, está relacionado a uma cota contemplada mas que ainda não foi faturada, onde o consorciado deverá realizar o mesmo processo de uma cota “sem ser contemplada”, declarando o gasto com o consórcio feito no ano em Bens e Direitos com o código 95 – Consórcio não contemplado. No campo Situação em 31/12/2017, deve-se declarar a soma dos valores pagos ao longo de 2017 e dos valores pagos anteriormente. Se o consórcio foi iniciado em 2017, deve-se deixar a coluna de 2016 zerada.

      Para mais informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo 0800 703 0050.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acesse e fique à vontade para curtir, seguir e compartilhar:

Sobre o Blog

No Blog da Disal Consórcio, você encontra tudo que precisa saber sobre consórcio de veículos, curiosidades sobre automóveis, dicas de conservação do seu carro, entre outros assuntos. Se você pretende adquirir seu veículo de maneira segura e com planejamento, acompanhe nosso blog e veja que o consórcio Disal é a melhor opção.